mnagano.com

bits, bytes e bravata!

Windows XP: reformar o velho ou comprar um novo?

Um dos assuntos mais em voga, entre os expertos em tecnologia, é falar sobre o Windows Vista, seja para comentar sobre suas vantagens, seja para compará-lo com outras opções do mercado ou mesmo para dar uma boa estilingada na sua vidraça.

Na minha opinião, é fato que o Vista veio para ficar, principalmente entre os usuários domésticos que estiverem comprando máquinas novas.

Pode ser até que alguns sintam que o pessoal de Redmond esteja querendo empurrar seu produto para o elo mais fraco da cadeia de consumo, mas creio que nesse caso, se o usuário quiser ficar com o Windows, não há muito o que fazer e quem não gostar que vá reclamar para o bispo.

No mercado corporativo, ainda existe a opção de comprar PCs novos com Windows XP por mais algum tempo, já que o processo de transição é mais lento nas grandes empresas e esse papo de reclamar com o clero não rola com eles.

Resta então o grupo dos usuários que já tem um PC com XP (ou mesmo Windows 2000 em casa) e está no dilema de migrar ou não para o Vista.

Quando me fazem essa pergunta, minha resposta é mais ou menos a seguinte:

Se você depende de uma aplicação que só roda no Vista (jogo não conta!), não tem jeito. Migre para o novo SO e seja feliz.

Entretanto, a não ser que você seja um early adopter do tipo “aviador suicida”, que está pronto para o que der e vier (inclusive quebrar a cara), uma vez que sua máquina está rodando direitinho com XP, meu conselho é esperar mais alguns meses até que um bom número de correções esteja disponível.

O ideal seria esperar até que o SP1 do Windows Vista estivesse disponível ou pelo menos a caminho, mas existem rumores de que o pacote não estará disponível até o final do ano.

Mais importante: certifique-se que o Vista já dispõe de todos os drivers de dispositivo para seus acessórios e periféricos (como placas de som, vídeo, scanner, impressora, etc.), principalmente se eles forem meio antigos. Existe a possibilidade de muitos fabricantes não se interessarem em escrever novos drivers ( = gastar dinheiro) para produtos fora de linha ou meio obsoletos.

Eu perdi um maravilhoso scanner da Epson durante minha migração do Windows 98 para o Windows 2000/XP.

O investimento no Vista também pode acarretar um gasto adicional em hardware (veja as requisições de hardware no site da Microsoft) para que o mesmo funcione bem.

Nesse caso, verifique se vale a pena reformar o PC velho ou comprar um novo.

Finalmente, para aqueles que pensam em continuar com o XP mas gostariam de estarem atualizados ou mesmo sentir um gostinho do Vista, eu sugiro um artigo de Matthew Buxton intitulado Windows XP Revisited – Teaching the Faithful Old Dog Some New Tricks.

Trata-se de um texto muito legal que fala sobre as diferenças entre ambos os dois SOs e como o usuário do XP pode atualizar/implementar recursos parecidos com o Vista em seus sistemas.

Leia a matéria na íntegra no link abaixo:

Windows XP Revisited – Teaching the Faithful Old Dog Some New Tricks

Atualização de última hora:

Apesar de meio óbvio, esqueci de dizer que, entre ficar com o XP ou partir para o Vista, ainda existe uma terceira via: o bom e velho Linux para desktops.

A distro da moda é o Ubuntu que foi adotado até pela Dell na sua opção de PCs com Linux.

Rafael Rigues, editor da PC Magazine falou sobre o Ubuntu no programa do Olhar Digital da semana passada.

Anúncios

25 junho, 2007 - Posted by | Dicas, Microsoft, Opinião

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: