mnagano.com

bits, bytes e bravata!

No ritmo do tique-taque

Intel Editor’s Day — Além da Lei de Moore, a Intel adota uma nova estratégia que eles estão chamando de Tick-Tock (no Brasil, tique-taque), uma referência ao som de um pêndulo de relógio.

Esse conceito foi detalhado por Marcel Saraiva, gerente de produtos para servidores durante sua apresentação sobre as  tecnologias do futuro da Intel.

intel_tick_tock.jpgMais do que tempo propriamente dito, o Tick-Tock descreve um ritmo de trabalho, no qual a empresa irá renovar seu processo de fabricação e sua microarquitetura a cada dois anos.

Desse modo, a cada ano par (Tick), a Intel irá diminuir a escala do processo de fabricação de seu chip de linha e, no próximo ano impar (Tock) introduz-se uma nova microarquitetura de processador.

Foi assim em 2005, com a introdução do processo de 65 nm (ano Tick) nos Pentium 4 e, em 2006 (ano Tock), com o lançamento da microarquitetura Core.

Em 2007, será o ano da introdução do novo processo de fabricação de 45 nanômetros, que será usado na produção do processador Penryn, ainda baseado na tecnologia Core.

Finalmente, no próximo ano Tock (2008), entrará em produção o processador Nehalen, baseada numa nova microarquitetura não na do Core. E em 2009, estréia o processo de 32 mn.

Antes disso, a Intel levava em torno de quatro anos para introduzir uma nova microarquitetura. Essa dramática redução de tempo se traduz numa única coisa: mais vantagem competitiva.

(rev.0k)

Anúncios

4 agosto, 2007 - Posted by | Intel, Notícia

4 Comentários »

  1. […] seria capaz de repetir a façanha antes da chegada do processo de 32 nm, prevista para o próximo ano Tick […]

    Pingback por High-o-quê? « mnagano.com | 5 agosto, 2007 | Responder

  2. […] de 45 nm “Penryn” para desktops — codinome “Nehalen” — programado para o próximo ano Tock (2008) […]

    Pingback por Intel prepara concorrente para o HyperTransport « mnagano.com | 29 agosto, 2007 | Responder

  3. […] resultado comercial da nova estratégia Tick-Tock, não há muito mais o que dizer sobre Penryn. O mais importante talvez seja recordar que ele é o […]

    Pingback por Surpresa, surpresa! Chegou o Penryn « mnagano.com | 11 novembro, 2007 | Responder

  4. […] resultado comercial da nova estratégia Tick-Tock, acho que não há muito mais o que dizer sobre o Penryn. O mais importante talvez seja recordar […]

    Pingback por   Surpresa, surpresa! Chegou o Penryn by Zumo Blog: Tecnologia. Opinião. Inteligência. | 12 novembro, 2007 | Responder


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: