mnagano.com

bits, bytes e bravata!

Sony Alpha entra na onda do Live View

sony_a300a.jpg

Depois que o recurso de estabilização de imagem virou lugar comum, a nova palavra mágica que irá convencer todo mundo a trocar sua reflex digital do ano passado por outra ainda mais nova parece ser o Live View, uma tecnologia que permite enquadrar o tema a ser fotografado diretamente no visor LCD — como nas digitais compactas — no lugar do tradicional visor óptico.

Esse recurso foi visto pela primeira vez nas Olympus E-10/E-20 (2000~2001) e reinventado no modelo Evolt E-330 (2006). Desde então, empresas como Nikon, Canon, Panasonic e até a Pentax introduziram algum sistema de Live View em alguma de suas câmeras reflex.

Agora, chegou a vez da Sony entrar nessa moda, incluindo esse recurso nas novas Alpha DSLR-A350 de 10,2 megapixels e Alpha DSLR-A300 de 14,2 megapixels (foto).


No geral, para obter o efeito de Live View, as reflex digitais precisam fazer um verdadeiro contorcionismo tecnológico, já que pra pré-visualizar a cena é necessário manter levantado o espelho (que desvia a imagem para o visor prismático) e a cortina o disparador aberta de modo que a câmera passe a funcionar como uma webcam. Assim, o usuário vê no LCD um enquadramento exato da imagem, assim como o foco e o efeito da profundidade de campo.

Dependendo da maneira como esse recurso é implementado, ele pode apresentar alguns inconvenientes, como o bloqueio do visor pelo espelho (que fica levantado), a perda do auto-foco e a demora para bater uma foto, já que, nesse caso, é necessário que a cortina primeiro desça para depois abrir e fechar de novo e assim obter a exposição correta. Algo que leva tempo e que pode complicar certos tipos de foto, como as de esportes.

sony_alpha_lcd.jpgNo caso das novas Alpha, a Sony aparentemente adotou uma solução muito parecida com a usada na Olympus E-330: instalou um segundo sensor de imagem no visor prismático que captura a mesma cena que aparece no visor óptico. Isso permite que a câmera funcione mais ou menos como sempre, ou seja, com os sensores de foco e fotometragem na posição e ativos e a cortina do obturador pronta para disparar a qualquer momento.

Para tirar melhor proveito desse recurso, a tela LCD das novas Alpha também são articuladas, permitindo enquadrar temas em ângulos novos, como debaixo para cima ou de cima para baixo. Um recurso por sinal também presente na Olympus E-330 (veja comparação ao lado).

Só o corpo da nova DSLR-A350 deve sair por US$ 800 e com uma lente zoom DT 18-70mm/f3.5-5.6 (3,9x) por US$ 900. A previsão é que ela chegue ao mercado norte-americano em março. No mês seguinte é a vez do kit da DSLR-A300 (com a mesma lente) por aproximadamente US$ 800.

Posts relacionados

31 janeiro, 2008 - Posted by | Fotografia, Notícia, Sony

Nenhum comentário ainda.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: