mnagano.com

bits, bytes e bravata!

Singularity, o SO de “código aberto” da Microsoft?

singularityarchitecture_a.jpg

Durante o último TechFest da Microsoft, Rick Rashid, vice-presidente sênior da MS Research, anunciou a disponibilidade do Singularity, um novo sistema operacional escrito a partir do zero e voltado para pesquisa científica e — pasmem — está disponível gratuitamente para uso acadêmico/não comercial no Codeplex, o portal de projetos de código aberto da Microsoft.

Segundo Rashid, o Singularity não será o próximo Windows e estaria mais para uma espécie de “carro conceito”, um protótipo para experimentar novos paradigmas de como os sistemas operacionais e as aplicações interagem entre si. A idéia é de oferecer esse produto para a comunidade com a esperança de que isso permita que os pesquisadores experimentem novas idéias rapidamente.

O que mais me intriga nessa iniciativa é como esse produto pode impactar no mundo dos desenvolvedores, já que ele utiliza alguns conceitos muito apreciados pela concorrência, como desenvolvimento cooperativo e código aberto.

wai-wai

Anúncios

6 março, 2008 Posted by | Linux, Microsoft, Notícia, Software | Deixe um comentário

LG: 2008 será o ano do 19″ wide

lg_lcd_2008.jpg

2008 vai ser o ano dos monitores LCD 19″ widescreen. Essa é a opinião de Celso Previdelli, diretor comercial da área de informática da LG. Ele conversou com o Zumo ontem durante o Digital Experience, evento anual da empresa coreana que procura mostrar em um só local todos os lançamentos que devem chegar ao país em 2008. Segundo ele, o 19″ wide será o modelo que irá oferecer a melhor relação entre custo x benefício, assim como já foi o CRT de 17″ no passado.

Estamos vivendo um curioso momento do mercado onde o consumidor final está puxando as tendências na direção dos monitores de tela larga (16:9 wide) enquanto as empresas mantém-se fiéis ao tradicional 4:3. Isso ocorre porque muitas empresas precisam modificar suas aplicações de modo a se ajustar ao novo formato de tela.

Desse modo, o executivo acredita que ainda haverá uma demanda forte pelos modelos com tela 4:3 e até mesmo modelos com tubo de imagem (CRT), enquanto o usuário doméstico irá com tudo para o LCD 16:9.

Para atender a esse público, a LG manterá uma linha completa de monitores, desde os modelos de 15″ wide até o impressionante 24″ wide, o Flatron W2452TQ, com resolução nativa de 1.680 x 1.050 pixels. A resolução é a mesma dos modelos de 22″ wide, porém com a vantagem de ter pixels maiores, propiciando assim mais conforto visual.

Ele faz parte da principal família de monitores que a empresa vai lançar em 2008, também nos tamanhos de 17″, 19″ e 22″, com preços a partir de R$ 699.

lg_notes_2008.jpgEntre os monitores LCD, o visual Black Piano ainda se mantém forte como tendência de design, assim como o LED azul, às vezes misturado com branco como nas linhas de portáteis da LG que, curiosamente começa a investir em novos grafismos como coberturas nas cores verde claro e rosa e até estampas listradas.

Entre os recursos disponíveis, o mais interessantes deles é a emulação do modo de tela 4:3 nos LCDs Wide preenchendo o espaço vago com duas grandes listras pretas. Assim o usuário têm à sua disposição uma certa retrocompatibilidade com programas que não se adaptam bem em telas wide, em especial os jogos. Fora isso a LG também introduz os chamados modos “Fun,” que aplicam filtros de imagem na tela realçando suas cores ou mesmo passando a mesma para sépia ou preto e branco. E assim como seu concorrente, agora também é possível configurar o monitor pelo mouse.

6 março, 2008 Posted by | Hardware, Notícia | Deixe um comentário