mnagano.com

bits, bytes e bravata!

Review: AMD Phenom x3 8750

Em setembro do ano passado, a AMD anunciava para o mercado um produto “ímpar” no mais exato sentido da palavra: seu primeiro chip AMD64 de três núcleos, que recebeu o nome Phenom x3.

Baseado no projeto K-10 (codinome Barcelona) de quatro núcleos, seu anúncio foi recebido com alguma reserva pela imprensa, já que na época circularam boatos de que o Phenom x3 não seria mais do que um Phenom x4 (quad-core) com um núcleo desativado ou, segundo as más linguas, defeituoso sendo automaticamente renomeado como um triple-core, o que passavaria a sensação de se tratar de um produto de segunda linha.

Essa possibilidade foi negada por Roberto Brandão, gerente de tecnologia da AMD Brasil numa entrevista para o Zumo no dia seguinte ao anúncio. Ele afirmou que o x3 seria produzido a partir de wafers específicos, o que tem lá a sua lógica, já que as metas de produção de um tipo de chip não poderiam nem deveriam depender nas falhas na fabricação de outro produto.

Mas desde o início a estratégia do Phenom x3 foi clara: ofererer uma opção com melhor desempenho que os atuais Athlon 64 x2, porém mais em conta que os Phenom quad-core. Curiosamente, o Phenom x3 poderá passar um bom tempo sem um concorrente direto, já que a microarquitetura dos atuais processadores da Intel impedem que a mesma crie um chip de três núcleos a partir de seus Core 2 Quad. Apesar disso, a empresa já confirmou a existência de um chip de seis núcleos (codinome Dunnington) para servidores.

De qualquer modo, fica a dúvida: seria o Phenom x3 uma opção mais interessante que um Athlon 64 x2 de mesmo clock ou de um modelo mais veloz? Fizemos alguns testes e os resultados podem ser conferidos depois do clique:

O que eu fiz, com a ajuda da AMD, foi montar uma configuração simples com uma placa-mãe M3A78-EMH HDMI da ASUS — baseada no chip set AMD 780G/SB700 com vídeo integrado — equipada com 2 GB de SDRAM DDR2 667, disco rígido SATA II de 80 GB, gravador de DVD e três processadores AMD que representariam os três casos que gostaríamos de analisar. A saber:

Caso 1: Athlon 64 X2 4600+ (dual-core de 2,41 GHz) — Escolhemos esse processador porque ele funciona mais ou menos no mesmo clock do Phenom x3 usado nessa análise, o que pode nos dar uma idéia do ganho de desempenho que podemos ter mudando de dois para três núcleos.

Caso 2: Phenom x3 8750 (triple-core de 2,4 GHz) — Tema central desta análise, o Phenom x3 8750 é o mais veloz dos três modelos já lançados pela AMD junto com o 8750 de 2,3 GHz e o 8450 de 2,1GHz. Como na versão quad-core, cada núcleo do x3 possui um cache L1 e L2 individual de 64 KB e 512 KB respectivamente e um cache L3 de uso comum de 2 MB, controlador de memória dual channel para memórias DDR2 de até 1.066 MHz, apenas um canal HyperTransport 3.0 e compatível com o soquete AM2+ etc. (mais detalhes sobre o Phenom e sua plataforma podem ser encontrados aqui).

Caso 3: Athlon 64 X2 6000+ (dual-core de 3,0 GHz) — A idéia de incluir esse chip nesse review é de ver se um processador dual-core de clock mais elevado poderia ser uma alternativa para o Phenom x3. O 6000+ é um atual modelo topo de linha, abaixo apenas do 6400+ de 3,2 GHz.

Para executar a bateria de testes, utilizamos o Windows Vista Ultimate que foi reinstalado e normalizado a cada troca de processador. Os resultados podem ser vistos na tabela abaixo (as células em verde representam o melhor resultado em cada benchmark):

Não há muito o que dizer em relação aos resultados, já que o Phenom x3 8750 se deu melhor em praticamente todos os testes. Podemos notar no Índice de Experiência do Windows Vista, que o resultado em certos itens como gráficos de negócios e disco não mostraram muita diferença de desempenho em termos absolutos, o que caiu como uma luva em nossa análise, já que o processador tende a ser mais solicitado quando outros recursos são limitados como na aceleradora gráfica.

Na minha opinião, os resultados mais interessantes foram os obtidos com o Sysmark 2007 Preview porque ele não é um teste sintético como o PCMark 2005 e sim baseado em aplicativos, representando assim um cenário mais realista sob o ponto de vista do usuário. Algo como ver como um carro sobe uma ladeira acentuada com pavimento de paralelepídedo do que analisar a saída de potência de um motor em kN montado em um dinamômetro.

Vale a pena lembrar que o desempenho de chips com mais núcleos é melhor com o uso de programas capazes de tirar proveito dos recursos de multiprocessamento. Um bom exemplo é o Auto Gordian Knot 2.45, que agrega ferramentas de vídeo de várias origens, sendo que algumas delas não tiram proveito dos vários núcleos, daí os resultados mais próximos entre os três cenários.

Minha conclusão é que o Phenom x3 cumpre sua promessa de oferecer uma solução intermediária de desempenho e valor entre seus modelos de dois e quatro núcleos. Numa era em que o consumo de energia começa a ser algo tão valorizado quanto desempenho, o Phenom x3 8750 também oferece vantagens consumindo apenas 95 watts contra 125 watts do Athlon 64 x2 6000+.

Talvez a única dificuldade por parte do consumidor será de avaliar sua real necessidade de processamento e ter certeza que um triple-core seria a melhor solução para seu caso ou mesmo para seu bolso. Pelo menos na nossa análise prevaleceu a lógica, ou seja, três mostrou ser mais e melhor do que dois. ;^)

Resumo: AMD Phenom x3 8750
O que é isso? — Processador K10 da AMD de três núcleos.
O que é legal? — Bom desempenho para uso geral, melhor que um dual core de mesma velocidade.
O que é imoral? — Parece ser um quad-core com um núcleo desativado.
O que mais? — Produto único no mercado, sem correspondente na concorrência.
Avaliação: 9.0 — O produto possui vários recursos desejáveis não encontrados na concorrência, seus defeitos são mínimos e nada sério que interfira no seu desempenho final. (Entenda nossa metodologia aqui).
Preço sugerido: Não divulgado.
Onde encontrar: www.amd.com.br

2 junho, 2008 - Posted by | AMD, Hardware, Review | ,

Nenhum comentário ainda.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: