mnagano.com

bits, bytes e bravata!

Ubuntu multimídia

ubuntu_studios_screens.jpg

O Ubuntu Studio  é um empacotamento especialmente voltado para multimídia, já vindo com aplicações mais voltadas para criação e edição de áudio, vídeo e imagens.

Entre eles estão o gravador de som multitrack Ardour 2, os aplicativos gráficos The GIMP, Inkscape e Blender acompanhado de plugins como dcraw (suporte para arquivos RAW de cameras digitais) ou o wacom-tools para os usuários de tablets Wacom. Para criação e edição de vídeo o sistema já vem com o PiTiVi, Kino e o Cinepaint.

Mais detalhes no site do produto.

Anúncios

27 março, 2008 Posted by | Downloads, Linux, Notícia, Software | Deixe um comentário

Singularity, o SO de “código aberto” da Microsoft?

singularityarchitecture_a.jpg

Durante o último TechFest da Microsoft, Rick Rashid, vice-presidente sênior da MS Research, anunciou a disponibilidade do Singularity, um novo sistema operacional escrito a partir do zero e voltado para pesquisa científica e — pasmem — está disponível gratuitamente para uso acadêmico/não comercial no Codeplex, o portal de projetos de código aberto da Microsoft.

Segundo Rashid, o Singularity não será o próximo Windows e estaria mais para uma espécie de “carro conceito”, um protótipo para experimentar novos paradigmas de como os sistemas operacionais e as aplicações interagem entre si. A idéia é de oferecer esse produto para a comunidade com a esperança de que isso permita que os pesquisadores experimentem novas idéias rapidamente.

O que mais me intriga nessa iniciativa é como esse produto pode impactar no mundo dos desenvolvedores, já que ele utiliza alguns conceitos muito apreciados pela concorrência, como desenvolvimento cooperativo e código aberto.

wai-wai

6 março, 2008 Posted by | Linux, Microsoft, Notícia, Software | Deixe um comentário

Depois do PC de US$ 199, vem aí o note de US$ 279

zonbu_note.jpg

Depois do oba-oba em cima do desktop sub-US$ 200 da Everex — que vendeu mais de 10 mil unidades em menos de 48 horas no Wal-Mart — a empresa revela que está desenvolvendo um notebook sub-US$ 300 em parceria com uma empresade software, para o início de 2008.

O chamado Zonbu Notebook (imagem acima) vem equipado com um processador VIA C7-M ULV de 1,5 GHz, 512 MB de RAM, 60 GB de disco, CD-RW/DVD combo, Fast Etherenet, 3 USBs, SVGA, som, Wi-Fi 802.11b/g, tela LCD Wide de 15,4″ (1.440 x 900 pixels) com aceleradora gráfica VIA Chrome9 HC IGP (com 64~128 MB de memória compartilhada) e bateria de íons de lítio com autonomia estimada em 2,5~3 horas. Ele mede medindo 35,8 x 3,8 x 27,2cm (LxAxP, fechado) e 2,4 kg de peso.

Continue lendo

30 novembro, 2007 Posted by | Hardware, Linux, Notícia | Deixe um comentário

Todo mundo ama o gPC

gpc.jpgNo início deste mês, noticiamos a chegada do primeiro desktop sub-US$ 200 do mercado americano — o Everex TC2502 Green gPC — que, aparentemente, está vendendo que nem pão quente na terra do Tio Sam.

O mais curioso é que, os comentários postados no site do Wal-Mart pelos consumidores sugerem que eles não gostaram só do preço, mas também do seu sistema operacional pré-instalado, o gOS baseado no Linux.

Dos 57 comentários postados — até a hora da elaboração desse post —, 47 deles deram de quatro a cinco estrelas (pontuação máxima) para o Green gPC e apenas duas pessoas deram apenas uma estrela. Um porque sua máquina não dava boot e outro que alegou que esse desktop não tem desempenho suficiente para rodar Windows XP (o que eu até discordo).

Meu ex-chefe e amigão Duda Salvato costumava dizer que apenas dois tipos de pessoas se dão ao trabalho de mandar um comentário para uma revista ou site de compras (principalmente se não estiverem ganhando nada com isso): aqueles que estão muito felizes ou muito put*s com a matéria/produto, ao ponto de desejarem manifestar isso de algum modo, seja jogando confete ou soltando os cachorros num comentário público. No geral, as pessoas mais ou menos satisfeitas e/ou insatisfeitas nem se manifestam, teorizava ele.

Se levarmos em consideração que o produto está esgotado na loja o-line do Wal Mart e que o mesmo provavelmente vendeu bem mais do que 57 Green gPCs, dai podemos supor que todos os seus compradores estão — no geral — satisfeitos com seu brinquedo novo.

Isso pode ser um interessante estudo de caso para aqueles que acham que num desktop, desempenho é tudo, ou que um PC com Linux serve apenas para instalar Windows pirata.

13 novembro, 2007 Posted by | Linux, Notícia, Opinião | Deixe um comentário

Hardware ao alcance de (quase) todos

bug_geral_sm.jpgA idéia do hardware “open source” não é nova, mas, pela primeira vez, vemos uma solução que permite a qualquer engenheiro / inventor / nerd / geniozinho da classe com experiência em programação — mas nenhum conhecimento prático de eletrônica — possa desenvolver sofisticadas soluções de hardware e dispositivos Web sem ter que manchar a roupa com percloreto ou queimar seus dedos com o ferro de solda.

Essa é a proposta do Bug Labs com o BUG, uma coleção de módulos de hardware “open source” que se encaixam como um brinquedo Lego, dando origem a vários tipos de dispositivos funcionais, de acordo com a imaginação do usuário.

bug_base.jpgA base desse projeto é o BUGbase, um computador Linux baseado num processador RISC do tipo ARM, 128 MB de RAM, interfaces WiFi, Ethernet, USB, bateria recarregável, alto-falante interno, slot para cartão MMC e um pequeno LCD com botões de controles na sua lateral.

A grande sacada desse produto é sua capacidade de receber módulos de expansão como GPS, Webcam, tela LCD touchscreen e sensor de movimento (como no joystick do Wii) e até o início de 2008, existe a previsão de módulos como um mini teclado QWERTY, um LCD maior e um módulo de som de melhor qualidade.

O suporte de software é totalmente baseado em código aberto e foi feito para que cada módulo se integre dinamicamente ao sistema, assim que o BUGbase detecte a sua presença. Desse modo, cada módulo libera seu próprio pacote de aplicações OSGi que oferece seus recursos para outros componentes e vice-versa.

Para gerenciar esse ecossistema, existe no topo da camada de software, um ambiente em Java que permite a integração das aplicações ISGi e o desenvolvimento de aplicações por meio de um SDK chamado Dragonfly que, no fim das contas, dá vida ao produto e que podem ser compartilhados com outros usuários, através da sua comunidade on-line, o BUGnet.

Assim, é possível criar, por exemplo, uma câmera digital com GPS que envie suas imagens com sua localização geográfica para uma página da Web e assim por diante.

A previsão é que o produto chegue ao mercado no final desse ano. Mais informações aqui.

3 novembro, 2007 Posted by | Gadgets, Hardware, Linux, Notícia | Deixe um comentário

OpenSolaris: o caminho do meio?

opensolaris.jpgCom a proposta de ser um meio termo entre o totalmente protegido e proprietário Windows e o totalmente livre e anárquico Linux, o OpenSolaris é um sistema operacional de código aberto patrocinado pela Sun Microsystems.

A base desse projeto é uma parte do próprio código do Solaris OS, que foi liberado para que a empresa — junto da comunidade de software livre — possa desenvolver novos produtos e até mesmo outros sistemas operacionais. Além disso, o conhecimento gerado por esse projeto poderia até ser usado em versões futuras do Solaris.

Para iniciar o projeto, a Sun forneceu o Kernel do sistema, bibliotecas e comandos que são atualmente distribuídos com o Solaris, com a perspectiva que outras partes possam ser liberadas com o andar do projeto. Mas a idéia é que a Sun não forneça um produto final ou distribuição completa. Para isso, eles já têm o Solaris OS que continuará sendo um produto comercial, com todo o suporte que ele tem direito.

nexena.jpgUm exemplo de um projeto de SO baseado no OpenSolaris é o Nexenta (imagem à direita).

Saiba mais sobre esse projeto no site da iniciativa, ou na sua versão em português.

(rev.ok)

18 outubro, 2007 Posted by | Linux, Microsoft, Software | Deixe um comentário

Experimente o Vixta (não, não excrevi errado)

vixta_screen.jpgPara aqueles que procuram uma experiência de uso mais próxima do Windows, o Vixta.org é uma nova distribuição de Linux cujo visual lembra muito o novo SO da Microsoft.

Desenvolvido em Portugal, o Vixta é baseado no Fedora 8 com KDE. Suas propostas são a de ser um produto totalmente gratuito em todos os sentidos, facilitar a disseminação do Linux para as massas, ter uma interface familiar e amigável e ser totalmente livre de configurações complicadas.

Desse modo, o Vixta pode ser uma alternativa interessante para aqueles que pensam em migrar para o Linux da maneira menos traumática possível.

Mais informações aqui.

(rev.ok)

11 outubro, 2007 Posted by | Linux, Notícia | 1 Comentário

Universidade do ABC investe em supercomputador

sgi_altix_4700.jpgA Universidade Federal do ABC (UFABC) anunciou ontem a aquisição de um supercomputador Altix 4700 da SGI, equipado com 68 processadores Intel Itanium 2 (dual-core) e 272 GB de memória RAM auxiliado por um sistema InfiniteStorage de 30 TB, também da SGI.

O equipamento — que pode crescer até 512 CPUs ou 1.024 núcleos (cores) de processamento — será usado em pesquisas científicas que demandem computação de alto desempenho, nas áreas de física, química, engenharia de materiais e nanotecnologia.

Num mercado dominado pela microarquitetura x86, me chamou muito a atenção o fato de uma instituição de ensino optar por um sistema baseado em Itanium 2. Para entender esses motivos, conversei com Marcel Saraiva, Gerente de Produto para Servidores para América Latina da Intel.

O executivo me explicou que, ao contrário de outras soluções de supercomputação baseadas em clusters (grupos de PCs interconectados por rede) que compartilham tarefas e processam dados de maneira colaborativa, a solução da SGI funciona como um sistema monolítico, capaz de colocar todos os seus recursos de processamento e de memória sob o controle de um único sistema operacional — que, nesse caso, é o bom e velho SUSE Linux.

Continue lendo

9 outubro, 2007 Posted by | Intel, Linux, Notícia | Deixe um comentário

iTunes no Linux

O blog Wine Review postou recentemente um curioso tutorial que ensina como instalar o iTunes 7.3 no Linux, utilizando o Wine — uma aplicação de código aberto que permite rodar programas do Windows sobre Linux ou Unix.

O iTunes 7.3 inclui o QuickTime Player 7.1.6 e suporte para o iPhone.

Veja a nota na íntegra aqui.

(rev.ok)

4 outubro, 2007 Posted by | Apple, Dicas, Faça você mesmo, Linux | Deixe um comentário

Migrar para o Linux? A Computerworld ensina como

A Computerworld dos EUA, publicou nesta semana uma interessante matéria didática de como migrar para o Linux, levando consigo a maioria das suas informações geradas no Windows, e de como viver da melhor maneira possível do outro lado da linha.

A matéria está dividida nos seguintes tópicos:

* Three Roads to Data Migration
* But First, Back Up
* Let Ubuntu Do It
* Use a Third-Party Application
* Do It Yourself
* The Application Situation

Só o fato de uma publicação como a CW abordar tal assunto, mostra como anda o interesse das empresas no sistema operacional do pingüim mesmo no segmento de desktops, um mercado amplamente dominado pelo pessoal de Redmond e sua suíte de aplicativos de escritório.

Espero que a equipe local da Computerworld (hi Alê!, hi Mila!), traduza e publique essa matéria no Brasil.

Veja a matéria, na íntegra, no link abaixo:

Moving from Windows to Linux? Here’s how to take the good stuff with you
Bring your apps, docs, user settings and preferences along when you jump to Linux.

(rev.ok)

6 setembro, 2007 Posted by | Dicas, Faça você mesmo, Linux, Opinião | 1 Comentário